CIGAM
CIGAM
CIGAM - Centro musical
Principal
Novidades
Escola
O que é o Cigam?
Nossas Aulas
O Ano Letivo
Nossos Cursos
Nossas Estratégias
Eventos
Cursos
Percepção
Harmonia
Arranjo
Composição
Improvisação
Piano/Teclado
Violão/Guitarra
Instrumentos
Coral Cigam
Canto
Oficinas
Downloads
Partituras
Músicas
Artigos
Multimidia
Fotos
Vídeos
Rádio Cigam
Calendário
Contato
Cursos » Percepção
AddThis Social Bookmark Button

O que é ?

Você entende essa língua ?

Cigam

E Essa ?

Cigam

 

É, muita gente pensa que a linguagem musical é um verdadeiro "chinês", uma coisa distante e muito difícil de ser compreendida. Ou ainda que é preciso um talento especial para ler e escrever música.


Você dificilmente se surpreenderia ao ver alguém lendo um jornal ou escrevendo um bilhete. Então por que na música deveria ser diferente? É claro que não!

Com bastante treino e exercícios didaticamente estratégicos, vamos educando o ouvido de forma que, mesmo sem o auxílio de um instrumento, nos tornamos capazes de entender e dominar esse "musiquês". Esse trabalho é feito no curso de Percepção onde vamos aprender a ler e escrever música nos aspectos rítmico e melódico.

Isso se dá inicialmente por "reflexo condicionado". Só depois de incorporar os elementos trabalhados é que vamos investir na parte teórica. Ou seja, toda teoria é apresentada como resultado da prática, facilitando sua assimilação e tornando o aprendizado leve e divertido.

Para entender melhor o que fazemos nesse curso, podemos compará-lo ao processo de alfabetização. Do mesmo modo que para aprendermos a ler e escrever o requisito básico é "falar", para o trabalho de Percepção o requisito básico é "cantar".

Apesar da comparação com o processo de alfabetização e do requisito bastante abrangente, não é um curso só para iniciantes. Trata-se de uma importante ferramenta para o desenvolvimento do músico, seja ele amador ou profissional, pois aborda desde as estruturas mais elementares até as mais sofisticadas, dentro do universo da música popular.

 

 

Aspectos Gerais

  • Aulas em grupo
  • Uma aula por semana
  • Livre Acesso
  • Duração das aulas: 1h e 30 min.
  • Duração do curso: dez níveis
  • Pré-requisitos: gostar de cantar e ter vontade de entrar em contato com a notação musical.
     

O Método

No trabalho melódico usamos o conceito do solfejo relativo (ou de "dó" móvel) onde as notas musicais são tratadas por sua "função melódica" e não por seu "som isolado".

Para quem nunca estudou música, isso provavelmente não fará muito sentido, no entanto, podemos buscar uma analogia que nos ajude a entender melhor esses estranhos nomes.

Imagine que você queira colocar algumas bolas de pingue-pongue, exatamente iguais, uma a uma numa caixa. Depois de misturadas dentro da caixa seria impossível identificar, por exemplo, a terceira bola colocada. Mas se as bolas fossem cada uma de uma cor essa identificação seria automática. No solfejo relativo é como se enxergássemos a "cor" ou, em termos mais musicais, a função de cada nota na melodia.

Outra característica importante do método está no aspecto rítmico onde trabalhamos com clichês visuais. Para entender o que isso significa podemos buscar analogia na forma como lemos um texto ou uma palavra qualquer.

Observe que ao ler uma palavra é bem mais difícil soletrá-la do que lê-la por inteiro, isso porque ao ler você não se detém sobre cada letra, e sim enxerga o todo. É assim que funciona com o "clichê". Ao invés de "soletrar" música os alunos aprendem a investir na fluência da leitura e na melhor compreensão do que se está lendo.

 

Conteúdo e Programa

O trabalho de Percepção, em termos de conteúdo, tem dois pilares: ritmo e melodia que, por motivos didáticos, são inicialmente tratados em separado. Nosso programa é organizado a partir das principais estruturas da música popular.

 

Mailing

Assine e mantenha-se informado das atividades do Cigam.

Nome:

E-mail:


   RÁDIO CIGAM