CIGAM
CIGAM
CIGAM - Centro musical
Principal
Novidades
Escola
O que é o Cigam?
Nossas Aulas
O Ano Letivo
Nossos Cursos
Nossas Estratégias
Eventos
Cursos
Percepção
Harmonia
Arranjo
Composição
Improvisação
Piano/Teclado
Violão/Guitarra
Instrumentos
Coral Cigam
Canto
Oficinas
Downloads
Partituras
Músicas
Artigos
Multimidia
Fotos
Vídeos
Rádio Cigam
Calendário
Contato
Há 26 anos abrindo os caminhos do seu aprendizado musical
AddThis Social Bookmark Button

Caro(a) aluno(a) e amigo(a),

Este é
um período letivo especial no Cigam, porque no próximo dia 1º de junho estamos completando 26 anos! Durante todo este tempo a nossa equipe vem se empenhando para oferecer, de forma leve e descontraída, não apenas informação de qualidade, mas principalmente uma sólida formação musical, que atenda aos interesses e objetivos de cada um. Estou certo de que esta semente plantada, lá atrás, pelo mestre Ian Guest vem dando frutos. Não foi fácil, mas com bastante trabalho e dedicação conquistamos um lugar de destaque no meio musical. E isso pode ser medido pela procura crescente por nossos cursos, quase sempre por indicação de algum aluno/ex-aluno ou músico que já ouviu comentários a respeito de nosso trabalho.


Além dessa proposta consistente, o Cigam não chegaria até aqui sem a excelência de seu corpo de professores ou sem a dedicação e boa-vontade de nossos funcionários. Mas nada disso daria certo sem o personagem que chamo de “aluno do Cigam”.

Atuando na educação musical há mais de duas décadas e já tendo passado por outras instituições de ensino, além do Cigam, suspeito que exista algo “mágico” que reúne tanta gente boa num mesmo lugar. Acredito, e até tenho algumas provas disso, que a mesma proposta pedagógica, com os mesmos professores, não funcione em outro lugar. Talvez o nosso “guru” e fundador já soubesse disso quando escolheu o nome Cigam, espelho de Magic, mágica em inglês.

 

Não falo aqui do aprendizado a partir de um simples toque de varinha mágica. O estudo de Música está bem longe disso! Sabe aquela máxima de que são 10% de inspiração e 90% de transpiração? É por aí. Mas entenda bem, também não é aquela coisa de sacrifício, de obrigação, para no final alcançar o tão sonhado objetivo. O melhor seria que todo o processo de aprendizado fosse prazeroso. Esse é o melhor caminho.

 

Normalmente o aluno que inicia seus estudos aqui chega com muitos sonhos e grande entusiasmo. Isso é fundamental! Muitas vezes ele até sabe o que estudar, mas não como estudar. Quer uma ajuda?

O estudo de música é um banco de três pernas: frequência às aulas, estudo em casa e continuidade do estudo. Se uma dessas pernas quebra, o banco cai (que me perdoe o amigo Rafael Vernet, admirável músico e professor, pelo uso desta imagem sem autorização e ainda por cima com adaptações). Para manter o seu “banco” estável, lá vão algumas dicas:


Frequência às aulas

Estar inscrito e não frequentar as aulas é como pagar uma academia e não ir malhar. Não dá resultado! Mas, se mesmo assim, algum dia, você não puder vir, o Cigam dispõe de algumas ferramentas exclusivas.

O Livre Acesso permite que você assista as aulas de outras turmas da matéria em que está inscrito, sem qualquer custo adicional e sem burocracia. Você pode frequentar o Livre Acesso para repor uma aula, rever determinado assunto e até mesmo para alcançar um nível mais adiantado, nesse caso por indicação do professor.

Outro recurso são as aulas Tira Dúvidas, individuais e avulsas, que podem ser marcadas em horário de sua conveniência, para a reposição ou reforço de algum conteúdo estudado no curso regular. É uma ótima opção quando a frequência ao Livre Acesso não for possível.

 

Estudo em casa

Se você não para em casa, esse estudo pode ser na rua, na chuva, na fazenda, ou numa casinha de sapê... Ou aqui mesmo no Cigam. O que importa é procurar aplicar tudo aquilo que foi visto em sala de aula o mais rápido possível.

Outro aspecto deste estudo são os trabalhos propostos. Já que ninguém estuda Música por obrigação, então por que alguns alunos demoram uma eternidade para entregar seus trabalhos? Talvez seja algum trauma da época da escola... A escola tradicional ainda hoje mede o sucesso pelas notas de seus alunos, obtidas de forma pontual. Seria melhor que fossem levados em conta o resultado dos trabalhos, a participação em sala de aula e o acompanhamento permanente do aluno. No Cigam é assim! O fato é que os trabalhos são importantes para identificar e resolver os problemas.

Outra dica: não deixe acumular esses trabalhos.

Continuidade do estudo

Quando chegar a hora da renovação de seu(s) curso(s), fique tranquilo, você será avisado. Para isso basta manter os seus contatos atualizados.

Sabemos que a maior parte dos alunos que interrompem seus estudos não consegue retomá-los depois, e aqueles que retornam ao Cigam, geralmente têm que voltar alguns níveis, por estarem “enferrujados”. Por isso, faça de tudo para não parar e se algo ameaçar a sua continuidade, peça ajuda. Quem sabe não damos um jeito?

 

Você também pode usar o Perfil Cigam, nosso serviço de orientação pedagógica, para esclarecer que matérias são aconselháveis no seu estágio atual de aprendizado, que turma está trabalhando certo conteúdo, ou qualquer outra questão de ordem pedagógica.

 

Aproveite bem o seu PER CURSO e divirta-se!

 

Claudio Bergamini

Diretor

 

Mailing

Assine e mantenha-se informado das atividades do Cigam.

Nome:

E-mail:


   RÁDIO CIGAM